Museus & Bibliotecas

Se existem setores claramente identificados com elevado potencial para adoptar os quiosques multimédia, mupis digitais e sistemas interactivos, existem outros que efectivamente estão a surpreender pela sua apetência por este tipo de tecnologias !

Nos últimos anos no entanto tem existido uma adesão muito elevada de alguns setores como a Museologia, Bibliotecas e própria Religião a este tipo de plataformas tecnológicas.

A internet efectivamente revolucionou a forma como estas entidades olham para a comunicação com os seus clientes e/ou seguidores e no caso concreto dos Museus, Bibliotecas e da Religião é interessante perceber como se reiventaram inclusivamente novas formas de utilização para os quiosques multimédia.

"Ninguém diria à alguns anos atrás que seria possível ler a biblia no interior de uma Igreja com recurso a um quiosque multimédia"

Os quiosques integrados em igrejas, blibliotecas e museus podem ser dotados de sistema sonoros que permitem uma utilização por invisuais.

Nos Museus os quiosques multimédia, as peliculas interactivas e a retroprojecção representam hoje plataformas de comunicação que nenhum director de museu hoje dispensa.

Nos últimos anos a renovação dos Museus e Bibliotecas em Portugal tem seguido a par da revolução tecnológica neste tipo de plataformas tecnológicas e interactivas. Os quiosques multimédia são assim uma ferramenta cada vez mais indispensável nestes setores para funções como:


• Apresentação de espólios de Museus

• Pesquisa de livros (com software's avançados de pesquisa por tema, autor, etc)

• Experiências Interactivas para Museus e Igrejas

• Quiosques fotográficos para Museus, Igrejas

• Directórios Interactivos (mapa do Museu ou da Biblioteca)

• Apresentação de Informações Históricas (religião, evolução histórica a igreja)

• Possibilidade de disponibilizar jogos interativos para grupos escolares (crianças) que visitam os museus, onde podem aprender sobre as exposições de uma forma divertida.

• Imprimir informações sobre uma exposição que os visitantes podem levar para casa

Para Trás